2017

Empresa Norte-Americana de telefonia móvel migra 100Tb do banco de dados Oracle para o EDB Postgres na primeira iniciativa Open Source.
A migração para o EDB Postgres reduziu o custo de execução do aplicativo em vários milhões de dólares porque substituiu o caro sistema legado por EDB Postgres e Cloudera, que são soluções de gerenciamento de dados de código aberto de baixo custo.
BPMN Separando Fato da Ficção
A tecnologia atingiu todas as partes da sociedade e causou mudanças fundamentais na forma como as pessoas vivem e interagem. Isso, por sua vez, está levando a uma necessidade de adaptação das empresas. Naturalmente, qualquer adaptação significa um novo compromisso e investimento em uma nova visão do futuro.
A Tecnisys e WSO2 agora são parceiras!
A WSO2 é fabricante de uma plataforma de middleware de código 100% Open Source que implementa em toda sua extensão a Arquitetura Orientada a Serviços (SOA), mas com alta performance e de fácil utilização. A empresa é conhecida por seu Enterprise Service Bus, Gerenciamento de APIs, Governança, Analytics e IoT, soluções utilizadas por clientes como eBay, Boeing, Experian entre outros. Recebeu muito destaque após o eBay revelar que seu processamento de transações, elemento chave em seu negócio, faz uso do WSO2 ESB, processando mais de 1 bilhão de transações por dia. Na última década a WSO2 vem liderando um movimento global para tornar as plataformas de middleware empresarial mais eficientes, rápidos, colaborativos e com excelente relação custo/benefício. A plataforma interage bem com as novas tecnologias e tecnologias já consagradas existentes que usam componentes padronizados, integra-se com uma grande variedade de aplicativos legados e pacotes e permite fácil acesso a bancos de dados e sistemas de arquivos. Os desenvolvedores podem estender a plataforma, personalizar o código e usar o modelo de programação preferido. Este perfil de inovação da WSO2 se identifica em muito com a proposta de trabalho da Tecnisys que, com essa parceria, busca uma vez mais melhorar seus serviços, oferecendo soluções verdadeiramente inovadoras no segmento Open Source, expandindo sua atuação no cenário nacional de tecnologia.
Imagem PNG image transform_blog_image_1.png
Três maneiras de reduzir a complexidade da TI com a transformação digital
O mundo está se tornando mais e mais digital todos os dias. "Coisas" que vão desde os produtos de consumo básico a sensores industriais "inteligentes" e conectados à internet que contribuem para um grande fluxo de dados. Esses dados estão agora acessíveis em todos os lugares e consumidos via dispositivos móveis em tempo real, 24x7. Se sua organização pode transformar-se em um negócio digital, você pode transformar esses dados em informações para que possa analisá-los e extrair insights para conduzir às melhores decisões.
Avaliação dos cinco passos: Selecionando um SGBD para um novo desenvolvimento de aplicativos
A TI está lutando para acompanhar a velocidade dos negócios. O cenário muda as prioridades e os requisitos mais rapidamente do que você pode dizer: "solicitar uma ordem de mudança". À medida que as opções de tecnologia aumentam, aumenta a complexidade do processo de tomada de decisões para novas soluções. A TI continua perguntando: "como podemos aproveitar rapidamente novas tecnologias sem introduzir mais complexidade e risco?" Os líderes de negócios estão correndo para desenvolver novas aplicações que alavanquem dados e novas tecnologias para estimular o crescimento dos negócios e impulsionar uma vantagem competitiva. Eles querem novas aplicações móveis para se engajar melhor os clientes; eles querem saber como usar a Internet of Things (IoT) para conectar dispositivos inteligentes com a infraestrutura existente; eles estão exigindo melhores análises em tempo real para encontrar novas soluções para os desafios existentes. Para a TI, fornecer a tecnologia para suportar novas aplicações sem adicionar mais complexidade e risco, e manter-se dentro do orçamento, são os grandes desafios. A TI deve fazer suas escolhas em um labirinto de opções técnicas, começando com o sistema de gerenciamento de banco de dados correto (DBMS). Abaixo temos uma avaliação simplificada para escolher o melhor DBMS para o seu próximo projeto de desenvolvimento de novos aplicativos. Use isso como um primeiro passo de avaliação, antes de investir em uma análise mais profunda: DBMS e avaliação do fornecedor: Desenvolvimento de novos aplicativos: 1. Facilidade e flexibilidade de desenvolvimento (5 pontos cada, 20 pontos no total) Suporte para modernos frameworks, linguagens e ferramentas.Multimodelo para lidar com uma variedade de cargas de trabalho.Capacidade de suportar dados estruturados e não estruturados.Suporte para uma ampla gama de tipos de dados. 2. Suporte para nuvem e DevOps (5 pontos cada, 20 pontos no total) Suporte amplo e sem limites a aplicativos (por exemplo, móvel, IoT, web, análise, OLTP).Fluencia em DevOps para o desenvolvimento rápido de aplicativos.Recursos flexíveis de gerenciamento e implantação em nuvem.Integra bem com PaaS, IaaS e DbaaS. 3. Ajuste dentro de seu ambiente (5 pontos cada, 20 pontos totais) Aproveita os investimentos existentes em infraestrutura, habilidades técnicas e aplicações.Oferece integração de dados em tempo real com as soluções críticas para sua empresa.Suporta a recuperação de desastres, alta disponibilidade e requisitos de replicação.Opcional: Robusta compatibilidade de bancos de dados com o Oracle. 4. Facilidade de Relacionamento com o Fabricante (5 pontos cada, 20 pontos no total) Termos comerciais simples.Portabilidade de licenças em ambientes de implementação.Aumentar/diminuir a escalabilidade sem penalidades.Estabilidade e longevidade do fornecedor. 5. Qualidade dos Serviços (5 pontos cada, 20 pontos no total) O fornecedor é reconhecido como um provedor de DBMS de elite.Oferece serviços profissionais de orientação especializada e transferência de conhecimento.Fornece programas de treinamento para aprendizado das melhores práticas com especialistas experiente.Suporte global e de nível empresarial e SLAs documentados. Pontuação total: ________ de 100 Repita esta avaliação para cada SGBD e o fornecedor em questão. O SGBD selecionado deve somar pelo menos 90 pontos para atender aos requisitos de construção de novas aplicações no ambiente competitivo de hoje. Essa solução capacitará suas equipes de projeto com o desempenho, a flexibilidade, a velocidade e as ferramentas de que necessitam para construir novas aplicações sem compromissos. Para discutir os resultados de sua avaliação preliminar ou para obter orientação adicional sobre como melhor apoiar suas novas iniciativas de aplicativo, entre em contato clique aqui. Matt Cicciari é Diretor de Marketing de Produtos no EnterpriseDB. Esta é uma tradução livre do texto: https://www.enterprisedb.com/blog/5-step-assessment-selecting-dbms-new-application-development
Evento WSO2 em São Paulo
A Tecnisys está participando do Encontro WSO2, realizado em São Paulo de 07/02 a 08/02, a equipe liderada pelo Presidente Giovanni Coelho, visa conhecer os Novos Modelos de comercialização e os processos de vendas WSO2. No encontro estão sendo discutidos os processos de qualidade, agilidade e transformação digital com open source e atualização de produtos, os assuntos são abordados pelos palestrantes: Nirosh Perera, Luiza Camargo, Javier Rul, Vitor Darela, Edgar Silva e Jonathan Marsh. Participar de eventos como este é uma ótima oportunidade para tirar dúvidas, conhecer melhor as empresas parceiras e se relacionar com pessoas que utilizam a plataforma, além de se inteirar sobre as diretrizes para o mercado brasileiro e novas estratégias de comercialização, buscando assim aumentar as oportunidades de negócios.
Encontro Bizagi
A equipe Tecnisys participará do encontro Bizagi no Rio de Janeiro, o evento acontecerá nos dias 15 e 16 de fevereiro. Nesta oportunidade serão abordadas metodologias comerciais, de treinamento e de serviços Bizagi. Com uma visão arrojada e sempre buscando conhecer e somar esforços com as empresas parceiras, a Tecnisys busca fazer novos contatos e ampliar ainda mais o leque de possibilidades de futuros negócios junto ao mercado brasileiro.
Encontro de Parceiros Bizagi
No Encontro de Parceiros Bizagi, que aconteceu no Rio de Janeiro nos dias 15 e 16 do corrente, contou com a presença de vários executivos da equipe Bizagi LatinoAmericana, com destaque para o Sr. Juan Manuel Mogollón - VP LATAM. No evento foram discutidas as estratégias comerciais para o Brasil e metodologia de atuação nos clientes, além de apresentação de dicas e melhores práticas de pré-vendas. A Plataforma de Negócios Digitais da Bizagi ajuda as empresas a implementarem as mudanças necessárias para a Transformação Digital por meio de melhorias na eficiência operacional e automatização de processos de negócios. Sempre com o foco nas inovações na área de Tecnologia da Informação, a Tecnisys se fez presente com representantes das áreas Comercial e de Processos, ocasião em que a nossa equipe teve a oportunidade de conhecer mais sobre a plataforma Bizagi, realizar troca de experiências e fazer novos contatos com vistas a fortalecer a linha de negócios de Mapeamento e Automação de Processos.
Qual será a aparência do processo de excelência em 2025?
É seguro dizer que 2016 foi um ano de imensa e inesperada mudança. À medida que a mudança política, econômica e regulatória global mudar, a maneira como fazemos negócios no futuro mudará fundamentalmente. O livro de regras está sendo rasgado e as tecnologias estão sendo cobradas ao máximo mexendo com a maneira como as organizações operam. Diante de uma mudança sem precedentes, lembro-me de uma citação que li no artigo de minha amiga e colega Diana Davis: Emergência: o Futuro da Excelência Operacional “A expectativa de vida média de uma empresa do S & P 500 é de 18 anos hoje em relação a 61 anos em 1958. Em 2027, novas empresas substituirão 75% das empresas que estavam no Índice em 2011” - Fonte: Innosight Consulting Research. Como será o processo de negócios em 2025? Ainda é muito cedo para saber quem será o vencedor em 2025, por isso procurei o Conselho Consultivo Global da Rede PEX para descobrir o que eles pensam como a excelência do processo parecerá em 2025. Eis o que dois de nossos principais conselheiros disseram: "Excelência Operacional tem a ver com a estratégia e as táticas utilizadas em sua aplicação. No entanto, não pode haver uma única estratégia correta de excelência, porque há muitas variáveis que são diferentes em cada situação e ambiente organizacional, incluindo recursos, missão e sociedade. O que pode ser feito é desenvolver e implementar princípios básicos que resultarão em excelência de processo em circunstâncias amplamente variadas. Por conseguinte, na medida em que as organizações se concentrem nas melhorias de sua capacidade de desenvolver e implementar formas de servir melhor os seus consumidores dentro dos seus ambientes, a excelência dos processos melhorará para o futuro. "- William A. Cohen, Ret. & Presidente, Instituto de Artes Líderes E… "Será totalmente diferente do que é hoje. Empresas sobreviventes terão adotado uma filosofia contínua de Transformação Empresarial que é liderada por uma estratégia de Transformação Digital que é definida dentro do contexto da estratégia de negócios. Isso definirá os requisitos de projeto para uma modernização da TI e resultará em uma nova arquitetura e portfólio de infraestrutura de TI. As aplicações serão divididas em três grupos: as principais aplicações (RH, Finanças, Jurídico, etc., que devem estar presentes, mas não oferecem vantagens) formam o primeiro grupo. Estes nunca fornecerão uma vantagem competitiva e podem ser suportados com software licenciado. O segundo grupo será personalizado e construído com o backroom das aplicações. Os aplicativos gerados por BPMS criados por uma colaboração entre a empresa e as TI substituirão os aplicativos atuais legados neste grupo. Essas aplicações realmente são os burros de carga da empresa. O terceiro e último grupo é o das aplicações que proporcionam vantagem competitiva, que serão criadas pelas equipes BPM/BPMS localizadas nas unidades de negócios. O segundo e terceiro grupos de aplicativos serão gerados por pessoas nas áreas de negócios usando pacotes de ferramentas BPMS de pouco código (ou provavelmente "sem código"). Esses especialistas em processos de negócios irão preencher a lacuna de negócios/TI e redesenhar o negócio no ambiente BPMS e, em seguida, gerar as soluções. As pessoas experts em Processos Operacionais localizadas nas áreas de negócios trabalharão de perto em um modelo de colaboração aberto com dados de TI, hardware, ferramentas, especialistas em comunicação e outros. Isso produzirá uma capacidade de excelência de processo que é ágil, responsivo, colaborativo e de baixo risco e de baixo custo. "- Dan Morris, Managing Principal, Wendan Consulting. O que o futuro reserva? Quais são as tendências demográficas e econômicas que moldarão os mercados e as empresas amanhã? Quais as tecnologias que impulsionarão mudanças fundamentais em nossas maneiras de trabalhar, viver e desenvolver como indivíduos e empregados? Mais importante ainda para a comunidade de Excelência em Processos, qual será o impacto dessas grandes mudanças de imagem nas abordagens da Excelência Operacional e da própria profissão? Descubra como líderes profissionais e empresas estão se posicionando para o sucesso no relatório exclusivo da PEX Network "Emergence: The Future of Operational Excellence". Baixe o relatório agora para descobrir: Como a ascensão da geração do milênio está remodelando a experiência do cliente e dirigindo a necessidade de processos mais simples e mais rápidos. Porque os programas de excelência operacional precisam ser mais estratégicos e como você pode fazer a mudança. As maneiras pelas quais as novas tecnologias: Robótica, Código Baixo, Inteligência Artificial, Análise de Dados e Automação de Processos, estão causando mudanças fundamentais nos processos de negócios e como você pode começar a capitalizá-los efetivamente para promover a excelência operacional. As habilidades e capacidades que você precisa para desenvolver agora e no futuro para melhor apoiar o seu negócio e alcançar o verdadeiro processo e excelência operacional. Interessado em inovar? A TECNISYS está pronta a ajudá-lo nessa empreitada, entre em contato conosco agora mesmo. (CLIQUE AQUI) Esta é uma tradução livre, texto original escrito por Andrea Charles no link: http://www.processexcellencenetwork.com/innovation/articles/what-will-process-excellence-look-like-in-2025
O ano de 2017 promete!
Notícia publicada no IDGNow, em 17/01/2017, sobre uma pesquisa realizada pela IT4CIO, revela que orçamentos também foram diminuindo no decorrer do ano passado, inclusive na área de TI, mas para o ano de 2017, os entrevistados mostram algum otimismo. 45% dos executivos disseram esperar um crescimento dos orçamentos e apenas 22% afirmaram que vão reduzir os investimentos em relação ao ano passado. Com ênfase aos projetos relacionados a cloud computing, BI, mobilidade, segurança da informação e integração de sistemas. Projetos relacionados a IoT, que foram muito poucos em 2016, estão sendo considerados por 27% das empresas pesquisadas. Ivair Rodrigues, diretor de pesquisas da IT4CIO afirma que:“O lado positivo para os fornecedores é o aumento da terceirização das atividades pelas empresas em 2016, inclusive de toda a área de TI, e a pesquisa aponta novo crescimento este ano”. Juliana Simette, gerente de pesquisas da IT4CIO disse: “67% dos CIOs entrevistados estão sendo cobrados para que a área de TI ajude a reduzir os custos das empresas. 42% afirmaram que a área deve investir em projetos que visam aumentar a competitividade ou as vendas”. A Tecnisys acredita que a sua empresa deve investir em projetos que visam aumentar a competitividade e a redução de custos. Conte conosco nessa jornada de soluções inovadoras! Fonte: http://idgnow.com.br/ti-corporativa/2017/01/16/quase-40-das-medias-e-grandes-empresas-no-brasil-reduzem-postos-de-ti/
A Tecnisys e a Kaltura agora são parceiras
Mais uma vez a Tecnisys passa a oferecer soluções inovadoras para expandir a sua atuação no cenário nacional de TIC disponibilizando novas opções para que os seus Clientes possam obter vantagens competitivas no seu ambiente de negócios. A Kaltura é a desenvolvedora da primeira plataforma aberta de vídeo do mundo, e que vem buscando expandir sua atuação no mercado brasileiro. A empresa oferece serviços que envolvem armazenamento, distribuição, transmissão ao vivo e interatividade em conteúdos multimídia. Entre 300 mil sites, estão clientes como HBO, Harvard, Bank of America, Stanford, Siemens e Nestlé. A empresa foi criada em 2006, tem sede em Nova York e centro de pesquisas em Israel. Desde a fundação, já recebeu mais de US$ 70 milhões em investimentos, sempre com o objetivo de facilitar a vida de quem produz conteúdo em vídeo. Os serviços que mais procuram a Kaltura são de áreas como de ensino a distância, publicidade e relatórios. A plataforma funciona totalmente na nuvem, a partir de um player próprio e com um “portal” que pode ser criado com login e organização por metadados. Assim como em outros serviços por streaming (transmissão), a qualidade do conteúdo é baseada na velocidade da conexão do usuário. A Kaltura está ajudando empresas em todos os seguimentos a mudar o jeito como o vídeo é consumido. A Plataforma de Vídeo Kaltura é a que mais disponibiliza funcionalidades para seus clientes. Os vídeos se tornam mais colaborativos, inspiradores e disponíveis em qualquer dispositivo, a qualquer hora e qualquer lugar. Com essa nova parceria, a Tecnisys confirma seu compromisso de oferecer as melhores soluções para que os seus Clientes consigam uma maior eficiência na jornada da transformação digital.
A Plataforma de Dados para cruzar a “Divisão Digital”
Para ter sucesso na acelerada economia digital de hoje, as empresas devem sintetizar grandes volumes de dados de aplicativos existentes e novos, a fim de melhor atender às necessidades dos clientes por meio da automação, interações mais inteligentes e informações em tempo real. O desafio é que as empresas otimizem novas tecnologias que transformem sua infraestrutura de dados e suportem novos modelos operacionais digitais. Pesquisa recentemente publicada pela Harvard Business Review descobriu que as empresas que haviam transformado digitalmente suas organizações ("líderes digitais") superaram as que não tinham ("retardatários digitais"). A pesquisa foi esboçada no artigo [1] “O que as empresas do lado direito da divisão de negócios digitais têm em comum, que examinou 344 empresas de várias indústrias listadas nas bolsas de valores dos EUA com receita média de US $ 3,4 bilhões. A pesquisa encontrou disparidades significativas no desempenho financeiro entre os 25 por cento superiores dentre os líderes digitais, e aqueles definidos como retardatários digitais. Com base nas médias dos dados de três anos (2012-2014), os resultados foram: Líderes digitais tiveram 55% de margem bruta, em comparação com 37% para os retardatários digitais; Os líderes digitais tinham 18% de margem operacional, em comparação com 10% para os retardatários digitais; Líderes digitais tiveram 11% de margem de lucro em comparação com 7% para retardatários digitais. A parte crítica para o sucesso da empresa com transformação digital parece ser a escolha das tecnologias, bem como os modelos operacionais. Os autores afirmam: "Nossa pesquisa indica que esses líderes abordam a oportunidade digital com uma mentalidade estratégica diferente e executam a oportunidade com um modelo operacional diferente. Obviamente os dados e analytics são a chave. As organizações líderes são mais propensas a ter uma estratégia abrangente de aquisição de dados e se diferenciam dos concorrentes com base em sua plataforma de dados". A plataforma de dados representa o elemento fundamental da transformação digital na infraestrutura empresarial. À medida que a era digital gerou novas formas e maiores volumes de dados, os gerentes de TI tiveram dificuldades em conectar dados de sistemas operacionais existentes com novas aplicações digitais que direcionassem o engajamento e a inovação. O objetivo agora é transformar digitalmente infraestruturas com uma plataforma de dados capaz de conectar todos os dados organizacionais armazenados no data center para suportar novas iniciativas baseadas em dados. Isto exige novas tecnologias que otimizem os ativos legados para extrair uma visão mais abrangente de dados para novos insights. A Plataforma EDB Postgres ™ é a primeira plataforma integrada de gerenciamento de banco de dados baseada em código aberto que reúne todos os componentes necessários para o gerenciamento de dados estruturados e não estruturados. Ela cria uma camada coesiva de gerenciamento de dados que acomoda novos negócios digitais e modelos operacionais, integrando sistemas legados e criando soluções de big data. Ao integrar dados de sistemas de registro existentes com novas aplicações de engajamento, a plataforma EDB Postgres possibilita dar uma visão de 360 graus do cliente. As organizações podem preencher a lacuna de dados entre novos aplicativos e legados para atender melhor às necessidades dos clientes, aterrizando assim no lado vencedor da “divisão digital”. A nova Plataforma EDB PostgreSQL 2017 agora está disponível com uma série de aprimoramentos de tecnologia para suportar uma análise avançada, maior integração de dados, cargas de trabalho mais complexas e maior flexibilidade com a dispersão geográfica. Com esses novos aprimoramentos, a Plataforma EDB Postgres 2017 estabeleceu um novo padrão em negócios digitais. Com base em padrões baseados em código aberto, a Plataforma dá às empresas a capacidade, o desempenho e a confiabilidade de que precisam com a flexibilidade e a facilidade de provisionamento exigidas pelos modernos DevOps. [1] Robert Brock, Marco Iansiti e Karim R. Lakhani, O que as empresas do lado direito da divisão digital têm em comum (Harv. Bus. Rev., 31 de janeiro de 2017). Tradução livre do texto de Keith Alsheimer - Diretor de Marketing da EnterpriseDB: https://www.enterprisedb.com/blog/data-platform-crossing-enterprise-%E2%80%98digital-divide%E2%80%99
3 dicas indispensáveis para gerenciar mudanças de processos
Os seres humanos são formas de vida baseadas em carbono. As organizações são formas de vida baseadas em processos. O que é um processo? Simples - é uma série de tarefas repetitivas que levam a um resultado. Processos são verbos de ação - pense em tudo o que fazemos que termina com "ando" - projetando, construindo, reportando, instalando, faturando, etc. Isto tudo são processos e você está cercado por eles. Processos são os blocos genéticos de construção de qualquer organização. Sua organização é composta de processos perfeitamente projetados para lhe dar exatamente os resultados que você está recebendo hoje. Quer melhores resultados? Você precisa de processos melhores. E aqui está o segredo: Melhoria de processo é apenas uma palavra chave para a mudança de processos. Você pode ter o melhor processo do mundo, mas se os seres humanos que precisam usar esse processo não o fizerem, você desperdiçou seu tempo e dinheiro. Em algum momento você precisa que um bando de pessoas (que podem nem sequer trabalhar diretamente com você) mudem o seu comportamento - parar de fazer as coisas da maneira antiga e começar a fazê-las de uma nova maneira. Fazer isso acontecer envolve um corpo de conhecimento que é amplo e profundo. No entanto, aqui estão três dicas para ajudar você a começar: 1. Envolva seu público-alvo. No negócio de mudança de processo há um mundo de diferença entre ter algo feito "para" você versus "com" você. Encontre maneiras de ter aqueles que serão impactados pela mudança envolvidos na concepção ou avaliação dessas mudanças. Na medida em que se sentir orgulhoso disso, o deploy do seu novo processo será muito mais rápido e mais fácil. 2. O caminho de menor resistência. Pessoas muito ocupadas tendem a seguir o caminho de menor resistência. Simultaneamente enquanto você está criando a maneira de tornar mais fácil para as pessoas seguirem o seu novo processo, faça que se torne muito difícil ou impossível fazer as coisas do jeito errado (ou da maneira antiga). 3. Muita Comunicação. Meu mentor costumava me dizer - se você quiser ter sua mensagem realmente ouvida – comunique-a 8 vezes e de 8 maneiras diferentes. Por quê? As pessoas são atropeladas por um tsunami de informações a cada segundo. Seu e-mail cuidadosamente redigido anunciando uma mudança é apenas um dos 154 e-mails que eles verão hoje. Você tem talvez 3 segundos para capturar sua atenção antes que eles olhem para o próximo objeto brilhante. A propósito - este efeito cegueira em relação ao conteúdo demonstra que é por isso que você pode passar pelo mesmo outdoor todos os dias por um ano e não saber o que ele diz. Finalizando, você vai ter que me desculpar porque eu preciso ir encontrar outras sete maneiras para divulgar esta coluna. Que você tenha uma feliz mudança! Este texto é uma tradução livre do artigo publicado por Jeff Cole no link: http://www.processexcellencenetwork.com/organizational-change/columns/3-must-know-tips-for-managing-process-change?utm_campaign=PEX%20Newsletter%20-%2014%20Mar%202017%20V2&utm_medium=email&utm_source=internalemail&MAC=marcos.william%40tecnisys.com.br&elqContactId=108987&disc= A Tecnisys acredita que todo processo sempre pode ser inovado e melhorado para atingir as mudanças e os objetivos de cada cliente com a agilidade necessária que o mundo moderno exige. Fale conosco!
A Tecnisys é patrocinadora do SUSE Expert Days 2017
O evento SUSE Expert Days 2017 está acontecendo hoje, 06/04/2017, em Brasília.
West Interactive: Usando o WSO2 Identity Server para aprimorar a experiência do cliente
West Interactive: Usando o WSO2 Identity Server para aprimorar a experiência do cliente 04 de abril de 2017 Samudra Weerasinghe Sediada em Omaha-EUA, a West Corporation é totalmente voltada para telecomunicações - sejam elas soluções de conferência, serviços de segurança, soluções de resposta de voz interativas ou automação de aplicativos de voz. Pranav Patel, vice-presidente de desenvolvimento de sistemas da West Interactive, falou recentemente na WSO2Con USA 2017 http://us17.wso2con.com/ sobre a experiência única que eles oferecem através de sua solução de identidade e gerenciamento de acesso baseada em função, construída com o WSO2 Identity Server. Um número crescente de usuários hoje está utilizando vários canais diferentes, tais como a web, dispositivos móveis e mídias sociais para interagir com os fornecedores. Pranav explicou que conhecer o cliente e ter certeza de que ele pode acessar os serviços da West Interactive de qualquer canal que ele preferir é um requisito fundamental para a empresa. A West está no setor de telecomunicações nos últimos 30 anos, e como muitas organizações, tem várias soluções que são isoladas e também distribuídas. Conectar todas essas soluções foi um grande desafio que precisava ser superado, a fim de fornecer uma experiência holística para seus clientes, explicou Pranav. Isso significava lidar e gerenciar com várias e diferentes identidades que pertenciam a diversos portais de clientes. Eles precisavam criar uma solução que girasse em torno da centralização de identidades do usuário para um portal único de usuários e criando um eficiente sistema de gerenciamento de identidade e acesso. Pranav então examinou os requisitos que eles precisavam cumprir para alcançar a eficiência operacional, gerenciar facilmente contas, economizar custos e oferecer uma grande experiência ao cliente. Além dos evidentes requisitos de single sign-on e federação, o multi-tenancy com o gerenciamento hierárquico de perfis foi uma característica importante que permitiu servir a todos os seus usuários (um cliente da West é representado como um domínio no sistema) e usuários (indivíduos que necessitam de acesso ao portal e são agrupados) através do seu portal. O sistema também precisava reforçar o controle de acesso baseado em regras que permitem o acesso a determinados produtos (aplicativos da web que precisam ser integrados) dependendo de quem é o usuário. Além disso, eles tinham requisitos de diretiva corporativa para senhas, necessários para manter o histórico de senhas e tinham uma data de expiração de senha que levou os usuários a alterarem frequentemente a senha. O log de auditoria e as importações em massa de usuários foram alguns outros requisitos. "O WSO2 cumpriu vários dos nossos requisitos out-of-the-box, especialmente suporte para vários protocolos e lojas heterogêneas de múltiplos usuários", observou Pranav. Ele passou a explicar que eles poderiam facilmente estender o produto e personalizá-lo para todas as características que ele ainda não tinha, tornando-se a solução perfeita para a empresa. WSO2 Identity Server é usado para: Introduzindo uma hierarquia de relacionamento entre o usuário pai e filho e permitindo multi-tenancy; Perguntando e armazenando respostas para cinco perguntas de segurança por usuário; Definindo permissões ou funções para produtos (aplicativos da Web) e usuários; Fornecendo single sign-on e federação por usuários permitindo aos funcionários simular um usuário e ver como eles percebem o portal do usuário; Aplicando as políticas de senha definidas. Pranav expressou como o WSO2 Identity Server atende a todos os seus requisitos atuais e como eles gostariam de no futuro introduzir páginas de login personalizáveis (por usuário), autenticação de dois fatores e multi-fator, provisionamento automatizado de usuários e auto-registro entre outros recursos. Ele concluiu dizendo que eles estavam ansiosos para adicionar o WSO2 Data Analytics Server na plataforma, a fim de monitorar o que realmente está acontecendo no sistema. Este texto é uma tradução livre do artigo publicado por Samudra Weerasinghe no link: http://wso2.com/blogs/thesource/2017/04/west-interactive-using-wso2-identity-server-to-enhance-customer-experience/
Imagem PNG image quadro.png
Nova parceria: Tecnisys e Bizagi apostam na transformação digital.
A transformação digital é ditada por uma velocidade vertiginosa. Não é uma tecnologia, é uma corrida para chegar a um destino: negócio digital ágil, envolvente e conectado. Ao operar no mundo real de sistemas legados e operações globais complexas, o mundo digital pode parecer inacessível. A mudança não pode acontecer rápido o suficiente, mas as estradas convencionais para a transformação resultam em tempo perdido e retornos imprevisíveis. Seu tempo para o digital pode ser o momento de modelar e experimentar. Pode ser a hora de colaborar e conectar-se. Pode ser o momento de gerenciar e implantar. Acreditamos que isso pode ser acelerado ao olharmos para a transformação de forma diferente. A Tecnisys agora é parceira da Bizagi, uma empresa privada de software criada em 1989 com sede no Reino Unido e escritórios nos EUA, Espanha e América Latina. O nome vem de "business" e "agility". As duas empresas se uniram com o objetivo de consolidar e aumentar as operações da Bizagi no Brasil oferecendo uma plataforma de modelagem e automação de processos. Produtos: O Bizagi BPMN Modeler é um aplicativo freeware para diagramar graficamente, documentar e simular processos em um formato padrão conhecido como Business Process Model and Notation (BPMN). O Bizagi Studio é uma solução de Business Process Management (BPM) de Freeware que permite às organizações criar (automatizar) processos e workflows de negócios. Atua como um módulo de construção onde os usuários constroem aplicativos de processo (interface do usuário, formulários, regras de negócios, etc.) associados aos seus processos de negócios e fluxos de trabalho, em preparação para a execução do processo. Os modelos são armazenados em um banco de dados e usados em tempo real para a execução do processo. O Bizagi Engine leva os processos previamente modelados e automatizados e os executa em toda a organização. Processos automatizados pelo Bizagi Engine podem ser vistos através de um Portal de Trabalho que os usuários finais podem acessar através de um PC ou dispositivos móveis. Em 2013, a Bizagi introduziu widgets para adicionar funcionalidade aos processos. Essas séries de mapas, gráficos circulares, calculadoras, etc. são criadas e mantidas pela comunidade pública Bizagi através de seu Widget Xchange, podendo ser acessado por qualquer pessoa sem custos. Para saber mais acesse: Bizagi.com
O Estado da Arte de Vídeo para RH
O vídeo se tornou uma das ferramentas mais poderosas do kit de ferramentas de um departamento de RH. Quando perguntei aos delegados no Fórum de Estratégia de RH deste ano - que reuniu diretores de RH, chefes de RH e outros altos executivos de RH - mais de 90% indicaram que já estavam usando vídeo em alguma capacitação dentro de suas organizações.
Olhando para as últimas tendências de vídeo para seguros
"Se uma imagem vale mais que mil palavras, em 24 quadros por segundo, quanto vale uma interação de vídeo de 30 segundos?" Clichê, mas continuamos usando isso porque é verdade. O vídeo é particularmente eficaz para o negócio de seguros porque a mensagem que ele oferece é profundamente convincente.
Tecnisys foi recertificada - MPT.Br Nível 2
A Tecnisys é mais uma vez reconhecida por sua excelência em qualidade de software.
A EnterpriseDB apresenta novos contêineres certificados pela Red Hat.
A EnterpriseDB colaborou com a Red Hat para acelerar a disponibilização da Plataforma EDB Postgres na plataforma de Aplicação de Contêiner Red Hat OpenShift Platform.
Nova página da Biblioteca do Conselho da Justiça Federal
A nova página da Biblioteca do Conselho da Justiça Federal (CJF) já está no ar, com visual mais moderno e alinhado ao padrão do portal do CJF.
É hoje “Palestra de Fábio Cotrim e Degustação de Cervejas Especiais”
Hoje às 19:00h será ministrada uma palestra de Fábio Cotrim sobre o tema “Compartilhando DBA do futuro – Aspirações e Preocupações” - Em um mundo onde a Transformação Digital, Cloud, SaaS, já é uma realidade, qual será o papel do DBA.
TmaxSoft lança certificação Tibero no Brasil
Focada em sua expansão global, a empresa anuncia Programa de Certificação em seu banco de dados e já tem primeira turma agendada para julho.
A grande Convergência de Vídeo
Uma das maiores histórias de tecnologia hoje em dia é a convergência. O número de pilhas de tecnologia utilizadas pelas empresas aumentou ao ponto de se tornar insustentável.
Imagem ScreenShot081717at05.12PM001.PNG
Imagem ScreenShot081717at05.12PM.PNG
O segredo da transformação digital é simples
Você já sabe disso, mas é fácil esquecer ... o segredo para o sucesso na transformação digital não é a tecnologia, são pessoas. Implementar com sucesso um projeto de transformação digital e disseminar uma nova cultura ágil dentro do DNA de sua organização é sempre sobre pessoas. Mesmo a melhor tecnologia do planeta não pode resolver seus desafios digitais sem que as pessoas certas o façam avançar. Portanto, a única tecnologia que importa é a tecnologia que torna mais fácil e rápido para essas pessoas entregar as mudanças.
Imagem copy_of_ScreenShot081717at05.12PM.PNG
O Novo EDB Postgres Enterprise Manager 7: Gerenciamento Ágil, Confiável e Seguro do Postgres
O nova interface Web e as ferramentas de precisão proporcionam aos DBA´s um maior poder para assegurar o ótimo desempenho do banco de dados em grandes instalações.
Jardins Cercados ou Paisagem Livre: Um Modelo para se Tornar Verdadeiramente Digital
Pense nos velhos tempos. O software de infra-estrutura foi implantado e gerenciado em um modelo de "por servidor". Posteriormente, mudou-se para o socket, e depois para o core, e depois para o core virtual. Bem, agora adivinhe? Hoje, as pessoas querem implantar tecnologia em incrementos ainda menores. Por exemplo, em pacotes em contêineres por períodos mais curtos em variadas infraestruturas. Nesta nova realidade, os modelos de negócios e tecnologia precisam se adaptar para que as organizações efetivamente realizem seus objetivos digitais.
Tecnisys e WSO2 no WorkShop de API Management
A Tecnisys participou do WorkShop de API Management realizado em São Paulo nos dias 30 e 31 de agosto em conjunto com a WSO2, o evento contou com a presença de mais de 40 empresas que buscavam entender de forma real e pragmática como é possível levar a transformação digital para suas organizações.
A Tecnisys é patrocinadora de mais uma edição do PGBR - Conferência Brasileira de PostgreSQL
O PGBR 2017 que acontecerá no Hotel Continental em Porto Alegre, nos dias 14, 15 e 16 de Setembro de 2017 é o principal evento organizado pela Comunidade Brasileira de PostgreSQL, trata-se de um acontecimento que reúne desenvolvedores, usuários e pesquisadores da tecnologia de banco de dados livre e de código aberto PostgreSQL.
Imagem JPEG image 98582d3d44ef4b7f8262db22f433047b.jpg
Imagem JPEG image 8a6280d6da4243e8a615f0488b158574.jpg
3 razões pelas quais os CIOs lutam com a transformação digital
No papel de CIO a frase "precisamos de outro aplicativo" é uma declaração que pode fazer você estremecer. Em uma recente pesquisa global com mais de 1.000 empresas, quase dois terços dos entrevistados (63%) indicaram que seus negócios negligenciam as implicações e a profundidade das mudanças de sistemas necessárias ao tentar criar serviços novos e com atraente experiências de usuários. Então, para os CIOs de hoje, qual é a expectativa da área de negócios para a sua resposta?
SUSE reforça importância das alianças para o mercado open source
Contabilizando uma comunidade Linux de mais de 600 mil profissionais, a SUSE tem como um dos seus pilares estabelecer parcerias e alianças, para o desenvolvimento conjunto de soluções para o mercado enterprise. Durante a realização da conferência Susecon 2017, que termina nesta quinta-feira, 28, em Praga, Checoslováquia, ela apresentou diversas iniciativas em conjunto com fabricantes de hardware, como HPE, Fujitsu, Cisco, Dell-EMC, IBM, Intel, Huawei, entre outros; e fornecedores de software como Microsoft e SAP, alianças que abrem mercado para empresa na América Latina, em especial essas duas últimas, que têm grande presença na região.
CINTEQ 2017 - Congresso Internacional de Tecnologia e Qualidade
A Tecnisys, representada pelo colaborador Emilio Coelho Cunha participou do CINTEQ 2017 - Congresso Internacional de Tecnologia e Qualidade. O evento aconteceu nos dias 26 e 27 de setembro em São Paulo, e contou com a presença de diversos nomes de destaque na área de Qualidade de Software no Brasil, estimulando discussões sobre Processos, Metodologias, Ferramentas e Melhores Práticas.
Imagem JPEG image 20170926_091806.jpg
Imagem PNG image indicadores.png
Outubro Rosa - Mês de conscientização sobre o câncer de mama
Estamos em Outubro, mês de conscientização sobre o Câncer de Mama. Ao redor do mundo, diversas iniciativas são divulgadas a fim de alertar mulheres sobre a importância de cuidar da saúde das mamas.
IBM E HORTONWORKS EXPANDEM PARCERIA PARA AJUDAR AS EMPRESAS A ACELERAR A TOMADA DE DECISÕES USANDO GRANDES BASE DE DADOS
As empresas combinam IBM Data Science Experience e Machine Learning com Hortonworks Data Platform; Rápido e fácil para que os desenvolvedores possam acessar a tecnologia de dados, ferramentas cognitivas e criar aplicativos inteligentes.
WSO2 parceira da Tecnisys promove Workshop em Brasília
Brasília chegou a nossa vez, é amanhã! No dia 10 de outubro de 2017 será a vez de Brasília sediar o WSO2 Workshops - API Management & Integration, o evento acontecerá no Hotel Grand Mercure e conta com duas programações que abordam temas essenciais para apoiá-lo na transformação digital da sua empresa.
PostgreSQL 10 liberado em 05/10/2017
O Grupo de Desenvolvimento Global do PostgreSQL anunciou o lançamento do PostgreSQL 10, a versão mais recente do banco de dados de código aberto mais avançado do mundo.
5 Coisas que as empresas Startups podem aprender com a Transformação Digital.
Buscando a transformação digital muitos líderes de empresas do mercado vem lutando para adotar novas táticas e remodelar as culturas de suas empresas para refletir a leveza, flexibilidade e agilidade de Startups bem sucedidas que estão balançando o mercado. Recentemente, várias indústrias sofreram grandes distúrbios devido a empresas iniciantes que criaram novas ondas e ignoraram o “status quo”. A transformação digital depende de alguns conceitos-chave, e a disruptura do mercado e a cultura inicial são algumas das principais.
19 de Outubro, dia do profissional de TI
A Tecnisys parabeniza a todos os profissionais de TI que amam atuar na área de tecnologia, independente do nicho de atuação e em especial aos nossos colaboradores que se dedicam diariamente com competência e profissionalismo para manter nossos clientes conectados e rodeados de tecnologia.
Por que Plone?
Com tantos sistemas de gerenciamento de conteúdo, por que você deve escolher o Plone?
Novembro Azul, o mês mudou e a cor também, mas a luta contra o câncer continua.
Campanha de conscientização contra o câncer de próstata.
Economizar! Por que migrar seu banco de dados Oracle?
A complexidade do licenciamento, o aumento dos custos e o risco de auditoria estão motivando os clientes da Oracle a iniciarem seus esforços na migração para plataformas alternativas de banco de dados. Mesmo a maior das empresas e as mais restritivas das agências governamentais estão avaliando ativamente as alternativas de banco de dados de código aberto. Custos reduzidos e maior agilidade são fatores significativos por trás desse êxodo da Oracle.
Gartner iBPMS 2017 - Quadrante Mágico para Suites Inteligentes de Gerenciamento de Processos Empresariais
iBPMS: Definição do Mercado. O Gartner define uma suíte inteligente de gerenciamento de processos de negócios (iBPMS) como um conjunto integrado de tecnologias que coordenam pessoas, máquinas e coisas.
Imagem PNG image bizagi.png
A Tecnisys é patrocinadora da primeira edição do PGDAY Brasília
Chegou a vez de Brasília sediar o PGDAY, o maior evento de compartilhamento de informações sobre o banco de dados PostgreSQL
Imagem JPEG image 91618e47e69849b4b8d2282062134ca3.jpg
Imagem JPEG image a8a21da7138f43f78ebca132b95c89b8.jpg
PGDAY Brasília 2017
A primeira edição do PGDAY Brasília foi um sucesso, o evento que ocorreu no dia 02 de dezembro contou a presença de estudantes e profissionais de TI de Brasília e região que puderam desfrutar de um dia inteiro de aprendizado e troca de experiências.
Design - A tendência chamada Zero UI
A algum tempo um assunto tem sido cada vez mais abordado entre os profissionais de design. Trata-se do Zero UI ou interface de usuário zero e com esta tendência em várias abordagens surgiu o receio de que em um futuro não muito distante a profissão de designer possa desaparecer.
Imagem ScreenShot122017at04.45PM.PNG